Sapatarias Online

Somos o ponto de partida para encontrar aqueles
sapatos online com que sempre sonhou!

Use calçado com glamour e classe podem fazer toda a diferença.

Ganhe Sapatos no Valor de 500€! Saiba mais aqui!

Estamos no mercado, e por isso conhecemo-lo melhor que ninguém. Temos relações privilegiadas com todos os intervenientes activos nesta área do calçado nacional.
Sapatos Online

Peças Muito Confortáveis

A indústria dos Sapatos e Calçado Portugues destingue-se e diferencia-se pelos seus sapatos extremamente confortáveis. Aliás, este é um dos factores e caracteristica principais e preponderantes para o sucesso do calçado online português.

Sapatos Online 2

Qualidade Sapataria

Portugal é sobejamente conhecido internacionalmente devido à qualidade de excelência que os seus produtos possuem.

Calçado On Line

Experiência e Investigação Importante

A industria do calçado nacional conta com décadas de produção de sapatos.

Últimos Sapatos Online Produzidos em Território Nacional

Apresentamos de seguida alguns modulos de sapatos online que encontrámos e que estão a fazer furor
Sapato 1 Sapato 2 Sapatos 3
Algumas imagens de sapatos online foram escolhidas por um júri escolhido por 10 profissionais do calçado.
Sapatos Mulher

Shoesmaking

Sapatos de grande qualidade.

Calçado Mulher

Themule Howe

Themule Howe são uma verdadeira obra de arte. São invejados por todas as mulheres.

Sapatos Online

The PumpBuchner

Sapatos de uma beleza indescritível de um dos autores de sapatos mais conceituados no mundo da moda.

Notícias Calçado Nacional Lojas Online

Mais de 100 empresas nacionais da área dos sapatos irão estar envolvidas em ações de promoção destinadas essêncialmente ao exterior, com lógico destaque para as feiras alemãs.

Tendo em conta a informação disponibilizada pela APICCAPS serão mais de 100 as empresas representadas. Trata-se de um grande investimento em publicidade numa altura em que a industria do calçado português continua a afirmar-se nos mercados estrangeiros. Cresceu já cerca de 4% em relação a período homologo.

O aumento das exportações, o conquistar de novos mercados e em particular a diversificação dos destinatarios são três grandes preocupações dos empresários do sector.

Sapatos Nacionais - Têm a Possibilidade de Ganhar um Prémio

"Sapato português versus champanhe francês?! Um dos dois ganhará, o Prémio Europeu de Promoção Empresarial, na categoria de Apoio à Internacionalização das Empresas. É uma iniciativa Comissão Europeia que procura premiar as melhores práticas empresariais. A entrega de prémios decorre em Vilnius, na Lituânia. Dinamizados em Portugal pelo IAPMEI, os Prémios Europeus de Promoção Empresarial (European Enterprise Promotion Awards) são um projeto da Comissão Europeia, que visa potenciar a divulgação de atividades reconhecidas como boas práticas no âmbito da promoção da iniciativa empresarial. São 6 as categorias a concurso: promoção do empreendedorismo; investimento nas competências empreendedoras; desenvolvimento do ambiente empresarial; apoio à internacionalização; apoio ao desenvolvimento de mercados ecológicos; e empreendedorismo responsável e inclusivo. "Portuguese Shoes: Designed by the Future" é o slogan da campanha desenvolvida pela Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado (APICCAPS) em parceria com a Academia de Design e Calçado, e que ajudou a promover 120 pequenas e médias empresas em feiras de todo o mundo, promovendo o calçado português como sofisticado e inovador. "Em resultado desta estratégia, as exportações cresceram mais de 20% nos últimos dois anos", salienta Bruxelas. O outro concorrente é a iniciativa International Relays, que visa apoiar técnica e financeiramente as empresas da região de Champagne-Ardenne, capacitando-as para implementar uma estratégia de desenvolvimento comercial de longo prazo vocacionada para os mercados externos. O projeto permitiu não só que sete em cada dez PME aumentassem a sua competitividade, mas que também cem empresas da região "implementassem uma atividade de exportação eficaz". Esta é a quinta edição dos Prémios Europeus de Promoção Empresarial, e Portugal já trouxe galardões para casa , por duas vezes. Aconteceu em 2006, com o projeto "Empresa na Hora", em que Portugal ganhou o prémio Redução da Burocracia; e, em 2012, com o projeto "Douro Boys", uma associação de cinco pequenos produtores da região do Douro (Niepoort, Quinta do Crasto, Quinta do Vale Meão, Quinta do Vallado, Quinta Vale D. Maria), para implementação de estratégia de promoção das suas marcas em mercados externos. Portugal foi o país que apresentou maior número de projetos, no conjunto dos 32 países participantes; teve 56 projetos a concurso, seguido do Reino Unidos, com 42, e da Alemanha, com 37. Na Lituânia, a jornalista viajou a convite da Comissão Europeia " in Dinheiro Vivo.

 

Portugueses fazem-no melhor!

"Há muito que se fala que Portugal tem uma indústria têxtil e de sapatos onde são produzidas as 'marcas boas', que são vendidas a lojas de luxo de todo o mundo. Depois de coladas etiquetas com nomes sonantes, os portugueses também as compram a peso de ouro. O que não era uma história conhecida é que a indústria de calçado cresceu nas últimas décadas, é vendida lá fora a preços de gama média alta e tem conquistado uma reputação de prestígio, qualidade e bom design.
No final de Novembro do ano passado, a Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos (APICCAPS) conseguiu um feito histórico. Venceu os Prémios Europeus de Promoção Empresarial 2013, na categoria de Apoio à Internacionalização das Empresas, com o projecto 'Portuguese Shoes - The sexiest industry in Europe'. E venceu contra uma proposta da região de Champanhe-Ardenne, que, diz Paulo Gonçalves, porta-voz da APICCAPS, "representa o melhor do melhor". No ano passado o prémio viera também para Portugal, para a campanha Douro Boys.

"O prémio é interessante e motiva-nos, mas os resultados já estavam a aparecer", sustenta Paulo Gonçalves. Desde que em 2010 esta associação iniciou a campanha de promoção internacional do calçado português, sob o slogan, 'A indústria mais sexy da Europa', "as exportações aumentaram 30% e, ainda mais relevante, o preço dos sapatos aumentou 25%, ultrapassando o preço dos sapatos franceses". Hoje os sapatos portugueses são os segundos mais caros do mundo, logo a seguir aos italianos.

E isso é bom, quando aparentemente o que é preciso é produzir barato? Sérgio Cunha, da portuguesa Nobrand, refere que, apesar de tudo, "o consumidor está farto do que vem da China, barato, mas mal feito". O paradoxo é que o actual bolso pobre dos portugueses não chega para comprar os sapatos de qualidade feitos em Portugal. Impedidos de competir com a China, estamos a medir forças com a Itália, o melhor do melhor.

Antes da campanha, que incluiu editoriais de moda e acções de marketing, a percepção que os clientes internacionais tinham da indústria portuguesa era bem diferente. "Fizemos um teste ao mercado em que pedíamos a importadores que dessem um valor a um determinado par de sapatos, sem dizer de onde era proveniente. E se davam 100 euros, após saberem que vinha de Portugal atribuíam logo um valor de 70 euros, ou seja, cerca de 30% menos. Para nós isso era inconcebível", revela Paulo Gonçalves.

Mais do que uma campanha de publicidade, tratou-se de uma "estratégia promocional do sector que se traduz em 150 empresas estarem presentes em 70 feiras por ano em todo o mundo".

Paulo Gonçalves acredita que foi um investimento que valeu a pena. Neste Quadro Comunitário de Apoio, desde 2007, o sector recebeu 55 milhões de euros para internacionalização. "Mas isso permitiu exportar neste período mais de 12 mil milhões de euros em calçado".

A campanha que venceu o prémio apresentava Felgueiras - um dos três pólos industriais do país - como case study da excelência da indústria do sector, com impactos notórios no desenvolvimento da região. "Por ser o pólo mais recente, as empresas de Felgueiras já nasceram viradas para a exportação. A região é a prinicipal força motora da exportação, representa mais de 40%, e é o concelho com menor taxa de desemprego".

Agregada a este pólo, está a região de Guimarães. Como grandes zonas de produção, o porta-voz da APICCAPS refere ainda mais dois núcleos: o de Oliveira de Azeméis/Santa Maria da Feira/São João da Madeira e o da Benedita/Alcobaça. No seu todo, o sector exporta 95% da produção para 132 países em cinco continentes.

Ainda por conquistar está o mercado norte-americano. Mas há lojas e cadeias de luxo que disponibilizam aos seus clientes os melhores sapatos portugueses."Não há no Saks [na Quinta Avenida] em Nova Iorque, mas no Harrods, em Londres, há", assegura Paulo Gonçalves.

Novidade, sustenta o porta-voz da APICCAPS, é que no século XXI os portugueses do calçado estão a tentar chegar à China, lançando um irónico contra-ataque. "Já estamos a fazer feiras na China e isso é decisivo. Andamos a correr para lá já há alguns anos"." in jornal SOL

Rihanna Prepara Lançamento de Linha de Sapatos Feitos em Portugal!

"Rihanna está a preparar-se para lançar uma linha de calçado exclusivamente fabricados em Portugal, numa fabrica em Santa Maria da Feira e Oliveira de Azeméis. Na base dessa linha exclusiva, estão desenhos criados pela própria cantora em colaboração com a marca de confeção River Island, que, por sua vez, compra à britânica Shoeboos o calçado assegurado pela sua sucursal de Arrifana, no concelho de Santa Maria da Feira. A produção foi entregue a duas fábricas de Santa Maria da Feira: os modelos clássicos e casuais são produzidos pela S.O. & Marques, e os de design pela A.S. Indústria de Calçado." fonte: http://www.lux.iol.pt

Sobre Nós Calçado

O SapatosOnline.pt pretende divulgar as lojas online que comercializam os sapatos portugueses. Em breve Novidades!

Lojas de Calçado Online em Portugal